A um ano das eleições, Araraquara tem seis pré-candidatos

A um ano das eleições de 2012, pleito que será realizado no dia 7 de outubro, os partidos políticos de Araraquara lançam previamente seus candidatos à Prefeitura. Seis legendas indicam nomes que, na visão de cada sigla, têm musculatura política para conquistar o voto do eleitorado.

O presidente do PMDB, Paulo Rodrigues, defende a reeleição do prefeito Marcelo Barbieri ao cargo de gestor municipal. Para ele, a principal característica de Barbieri é a determinação em cumprir seus projetos.

O PDT, presidido na cidade por Pedro Antônio Baptistini, elegeu o pré-candidato Coca Ferraz como o nome a liderar o partido na corrida ao cargo de prefeito. "Coca é excelência em urbanismo e pode colaborar para o desenvolvimento de Araraquara como prefeito", reforça.

O presidente do PV, Fernando César Câmara, o Galo, antecipa o nome de Edna Martins como uma possível pré-candidata à Administração Municipal. "A determinação da Executiva do partido é de que toda cidade acima de cem mil eleitores deva lançar chapa completa. E temos envergadura política para isto", garante.

O PT, comandado pelo presidente André Agatte, fala que a pré-candidata Márcia Lia representa um projeto político herdado do ex-prefeito Edinho Silva, hoje deputado estadual. "Para agregar, ela traz projetos de inclusão social e desenvolvimento sustentável que estão na pauta do PT", declara.

O vice-prefeito e presidente do PSD, Valter Merlos, se lança como pré-candidato e afirma que, mesmo em um partido novo, tem articulação política para concorrer ao cargo. "Apresento à cidade minha experiência administrativa empresarial, que trago da iniciativa privada", declara.
Sangue novo

A corrida ao Executivo traz ainda o nome do vereador Luis Cláudio Lapena Barreto, que acaba de chegar ao PSDB e ganhou adeptos para uma possível candidatura. De todos os pré-candidatos, é o único nome que tem posições distintas dentro do partido. Uma ala do PSDB afirma que a sigla deve lançar candidato próprio e elenca Lapena como político ideal. Outra, defendida pelo deputado estadual Roberto Massafera (PSDB), mantém-se alinhada ao PMDB para as próximas eleições. O presidente do partido, Silvio Prada, assim como os representantes municipais dos partidos com pré-candidato, foi procurado pela reportagem, mas não foi encontrado.

De acordo com Lapena Barreto a tendência do partido é coligar-se ao projeto da administração atual comandada por Marcelo Barbieri.
TSE rejeita nova lei para eleições
Segundo informou na última sexta-feira o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), toda lei sancionada neste ano que altere o processo eleitoral não valerá para as eleições de 2012, mas para as próximas eleições. O princípio de anterioridade eleitoral está previsto no Artigo 16 da Constituição Federal.

O princípio evita as mudanças de última hora motivadas por conveniências políticas, como casuísmo eleitoral, e preserva a segurança do processo, assim como ocorreu em 2006, com o fim da verticalização, princípio da Emenda Constitucional 52, que isentava as coligações partidárias a repetirem-se nos âmbitos nacional, estadual, distrital ou municipal.
152 mil
é o número aproximado de eleitores em Araraquara registrados até ontem no Tribunal Regional Eleitoral. Desses, 72 mil são homens e 80 mil mulheres
Análise
Até as eleições, tudo pode mudar
A última pesquisa Datapress mostrou existirem dois nomes em condições de disputa pela Prefeitura e dois outros que poderiam participar. Outro surgiria como zebra para lá de qualificada. Fora do páreo, na periferia, há mais. É pouco provável, no entanto, que desejem mais que melhorar seus respectivos cacifes.
Estamos a um ano das eleições, então esse quadro mudará. Primeiro, porque surgirão alianças que excluirão alguns dos pré-candidatos. Segundo, porque muito do que se está fazendo no município depende de conversas em nível estadual ou nacional. Terceiro, porque os financiamentos de campanha estão difíceis. Quarto, porque alguns partidos estabelecem estratégias de conquista de posições futuras ameaçando com candidatos que jamais serão efetivamente apoiados.
Terminada a dança das filiações, o próximo período será, naturalmente, de negociações e balanços de forças. Um ritual que comporá uma nova imagem do problema.e imporá nova reflexão.

José dos Reis Santos Filho
Sociólogo


Perfil dos pré-candidatos (pré-candidatos distribuídos em ordem alfabética)
Coca Ferraz (PDT)
Tem 60 anos, é engenheiro civil e professor. Foi candidato a prefeito, vice-prefeito e a vice-governador.
Edna Martins (PV)
Tem 41 anos, é socióloga, foi vereadora por dois mandatos, sendo um deles presidente da Câmara.
Luís Claudio Lapena Barreto (PSDB)
Tem 47 anos, é cirurgião-plástico e está em seu primeiro mandato de vereador.
Marcelo Barbieri (PMDB)
Tem 54 anos, é administrador de empresas e foi quatro vezes deputado federal. Este é seu 1º mandato de prefeito.
Márcia Lia (PT)
Tem 53 anos, é advogada, foi Secretária de Governo e Coordenadora do OP. É vereadora pela 1ª vez.
Valter Merlos (PSD)
Tem 59 anos, é advogado e empresário. Está em seu primeiro mandato como vice-prefeito.

Calendário eleitoral

- As eleições municipais ocorrem em 7 de outubro de 2012
- O eleitor tem até 9 de maio para:
- tirar seu título de eleitor ou mudar o domicílio eleitoral;
- atualizar endereço em caso de mudança dentro da própria cidade;
- pedir transferência para seção adaptada em caso de eleitores com deficiência física
- 30 de junho é a data-limite para que partidos estabeleçam coligações e definam os nomes dos candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereadores.

Portal Araraquara Hoje

Criado com a intenção de unificar as notícias mais importantes de Araraquara, região, Brasil e mundo.Créditos da imagem: Núcleo de Artes Visuais de Araraquara